domingo, dezembro 25, 2011

Bonita interpretação a Horus.

Achei doce, com uma interpretação extraordinária, independentemente do que pense de Horus. Não, Attis. Não... Krishna. Dionísius?
Não Cristo, sim! Cristo.


quarta-feira, dezembro 21, 2011

Como é que eu sei que não foi você que partiu o monitor???

Dizem do outro lado do telefone quando o cliente liga a reclamar (o cliente, esse FDP que devia pagar o produto e calar-se para sempre).

sábado, novembro 19, 2011

Fuck! Ou religião 3


Li Osho há uns 9 anos. Achei graça mas não liguei muito. Apontava para um mundo novo, de optimismo, de liberdade. Mas tinha muitos livros publicados (que nem escreveu)... muito comercial, achei...

A Wikipédia dá-nos os seus 10 mandamentos:

1. Never obey anyone's command unless it is coming from within you also.

2. There is no God other than life itself.

3. Truth is within you; do not search for it elsewhere.

4. Love is prayer.

5. To become a nothingness is the door to truth. Nothingness itself is the means, the goal and attainment.

6. Life is now and here.

7. Live wakefully.

8. Do not swim—float.

9. Die each moment so that you can be new each moment.

10. Do not search. That which is, is. Stop and see.


Mas se achei graça e não lhe liguei muito, porque estou a falar dele?

Porque só hoje descobri que o homem que pregava o desprendimento usava um Rolex e tinha uma colecção de Rools Royce...

terça-feira, novembro 15, 2011

Religião 2 - Os Guias

“Ora o homem Moysés era mui humilde, mais humilde do que todos os homens que havia sobre a face da terra.” 1

Poderá alguém ser tão humilde ao ponto de ser o MAIS humilde, não se contentando em ser um humildezeco qualquer? Faz-me lembrar o sr. Silva! Aquele que é tão honesto que qualquer outro honesto português teria de nascer duas vezes para ser tão honesto quanto ele. São estas merdas que nos servem de guias…

1 Frase retirada da bíblia. Números, 12:3. A bíblia em causa é uma edição das Sociedades Bíblicas do Rio de Janeiro. Algumas traduções usam “manso” em vez de “humilde”.

sexta-feira, novembro 11, 2011

Não sei como é que as pessoas vêm deus nas igrejas, que são feitas de homens.



No Brasil, uma família foi expulsa do espaço que tinha oferecido à igreja. Isto é, o pai ofereceu, e as filhas são postas na rua assim que ele morre... A notícia nem deveria ser muito importante. A não ser na medida em que nos trás dados sobre o que fazer a alguma coisa que queiramos que fique fora do alcance de um descendente... porque já sabemos que as igrejas são sociedades comerciais e que quem se submete a elas não pode esperar outra coisa. Mais ainda com a experiência que já têm na coisa...

Serve este intróito para lembrar notícia semelhante que ouvi hoje nas notícias da Tv mas que não encontrei na net. Uma família, constituida por duas irmãs, ofereceu a casa em que vivia ao santuário de Fátima. Desde que pudesse continuar a viver numa das suas divisões até morrer. Ora, agora que uma irmã morreu, a outra vai ser posta na rua. A igreja diz que a senhora não vivia lá. Que se instalou após a morte da irmã...

... metam-se com as igrejas, metam...

Encontrei!

quarta-feira, novembro 09, 2011

Olé!

Vamos longe, vamos.


Na Letónia há um concurso em que se corre com a esposa às costas. Proporia correr com a Merckel até à beira de um precipício, mas a senhora deve ser pesada.


terça-feira, novembro 01, 2011

Toma lá e vai para o estrangeiro.



Há quatro coisas que não se recuperam:

A pedra, depois de atirada.
A ocasião, depois de perdida.
O tempo, depois de passado.
A palavra, depois de proferida.

Por isso, vive com a intenção de ser feliz.

Não atires pedras, se não queres levar com elas.
Tenta não perder a ocasião.
Aproveita o tempo, "Carpe diem".
Se estiveres com os amigos no café, tem cuidado com o que dizes.
Se fores político, cala-te.

terça-feira, outubro 25, 2011

Miminho

Notícia gamada o Santos Marques no Facebook.

Política - Ângelo Correia aceita corte, mas não eliminação de subvenção vitalícia - RTP Noticias, Áudio

Tinha Ângelo Correia dito, há uns meses atrás, no programa "Plano Inclinado":

"Os direitos adquiridos são uma burla e não existem". Claro que estava a falar dos direitos adquiridos "dos outros"...

Ver minuto 33:25.

quinta-feira, outubro 20, 2011

terça-feira, outubro 18, 2011

Vamos lá dizer mal outra vez



Antigos políticos escapam ao corte das pensões na função pública, noticia o Diário de Notícias. Diz o jornal que "As pensões vitalícias dos antigos políticos escapam ao esforço adicional que leva ao corte de pensões e salários públicos no próximo ano. As subvenções mensais vitalícias pagas aos ex-políticos são repartidas por 12 parcelas por ano, o que significa que ficam fora das medidas do Governo".

Vamos ver se alguma coisa é feita para corrigir este petit rien...

Notícia Aqui

quinta-feira, setembro 29, 2011

Platão e a governação do país.



"O castigo por não participares na política é acabares por ser governado por quem te é inferior".

Platão

quinta-feira, setembro 15, 2011

Ziiiipyyy, diz a vaca.

A Zippy, da SONAE, vai abrir uma loja em Istambul.

Em tempos idos, penso que isto deveria ser um orgulho nacional. Não tão grande quanto as “Descobertas”, mas um orgulho. No entanto, não sinto nada disso. Na verdade, tenho alguma admiração pela expansão que a SONAE conseguiu. Mas também sei que não se consegue o que conseguiu a SONAE sem que alguém perdesse com isso. Trabalhadores, fornecedores, clientes. Claro que nos “Descobrimentos” encontramos uma história semelhante, mas eles já estão lá longe e fica essencialmente o orgulho da coisa… esquecemos, por exemplo, que as caravelas que vinham da Índia já tinham a totalidade da mercadoria empenhada a agiotas que tinham emprestado dinheiro para o empreendimento e que nem do país tinham saído, que isso de ir à Índia dá muito trabalho… e olhem que eu percebo que os empréstimos têm de ser remunerados! Só que acho que tem de haver um limite que não arruíne os que têm de sujar as mãos.

Mas falava dos dias de hoje. Quando as grandes superfícies tomam conta da maioria do comércio, os produtores de leite, de legumes, do que seja, não têm muito mais a quem vender... aí, é fácil aos distribuidores baixar os preços, arruinando os produtores. Uma boa parte dos produtores de leite do norte fechou portas ou converteu-se à suinicultura por receber apenas 30 cêntimos por litro de leite, pagando 35 cêntimos por quilo de ração.

Uma vaca produz em média 25 litros de leite por dia (7,5€) e consome em média 7 kg de ração (2,45€). Cerca de 5€ de lucro por dia por vaca. Se considerarmos todos os restantes custos… mais vale ir pescar para o Kiribati…

Notícia de há meses notificava que só em Mogadouro e Miranda do Douro fecharam 16 explorações de leite em 2010. Começaremos a ficar dependentes do exterior até na produção de leite?

Do que tenho lido, produzimos 4 vezes mais vinho do que leite. Não tenho nada contra isso, até gosto de vinho. Mas considerando que exportamos vinho e que importamos leite, ainda acabo a beber um copo do néctar ao pequeno almoço, se a coisa se agravar e a maioria do leite for de importação...

P.S. Isto não é nada contra a SONAE especificamente. Do que sei, até trata os seus trabalhadores melhor do que outras. E se não fosse a SONAE portuguesa seria a Euromarché francesa ou o Minipreço espanhol e francês...

Ah! E claro que "melhor" pode não significar "bem".



sábado, agosto 27, 2011

USA


Nos EUA, uma criança de 12 anos foi constituída arguida por homicídio do irmão de 2 anos de idade e vai ser julgada como adulta. Pode vir a ser condenada a prisão perpétua. A mãe, de 25 anos (foi mãe aos 12 anos) foi também constituída arguida por homicídio por negligência.

Os EUA no seu melhor…

Artigo Aqui

domingo, agosto 07, 2011

Trabalho é trabalho. Conhaque é conhaque. Só isso.


“Os alemães trabalham muito menos [por ano e durante a vida activa] que os europeus do Sul. E também não trabalham de forma tão intensiva”, assegura Patrick Artus, chefe da secção de economia do banco francês Natixis e o redactor deste estudo, que se baseia designadamente nos números da ODCE e Eurostat.

A duração anual média do trabalho de um alemão (1390 horas) é assim muito inferior à de um grego (2119 horas), de um italiano (1773 horas), de um português (1719 horas), de um espanhol (1654 horas) ou de um francês (1554 horas), referem as estatísticas publicadas em 2010 pela OCDE.

Notícia do Público


quinta-feira, julho 21, 2011

Hatsune Miku

Com a impressora a 3D do post anterior ainda podia fazer uma impressão da Madona, da Shakira ou até da Lady Gaga. Agora de um holograma... como é que faço uma impressão 3D de um holograma? O que pensaria Einstein desta questão?

quarta-feira, julho 13, 2011

Crise depressiva.

As ucranianas do movimento feminista Femen decidiram despir a camisola para protestar contra uma reforma na lei da segurança social, que atrasa a idade da reforma.

Portuguesas! Uni-vos! A vida dos nossos polícias (e dos portugueses no geral) anda muito depressiva.


Foto Daqui

quarta-feira, junho 29, 2011

Paris, 1976



Em Agosto de 1976, o cineasta francês Claude Lelouch adaptou uma câmara estabilizada na frente de um Ferrari 275 GTB e convidou um amigo piloto profissional de Fórmula 1, para fazer um trajecto em Paris à máxima velocidade que conseguisse (isso foi o que ele disse na altura; agora diz outra coisa, donde, não sabemos onde está a verdade...).
A viagem teria início na Porte Dauphine e terminaria na basílica de Sacre Coeur. Lelouch não conseguiu permissão para interditar nenhuma rua no trajecto percorrido. Quando mostrou o filme em público pela primeira vez, Claude Lelouch foi preso.

quinta-feira, junho 23, 2011

Noé

Não conseguimos mudar o mundo. Por vezes não gostamos dele. Mas também não queremos partir... criaremos sempre uma qualquer arca que nos salve... para que tudo fique na mesma...

Visit msnbc.com for breaking news, world news, and news about the economy

sexta-feira, junho 10, 2011

10 de Junho

Há indivíduos que mostram consciência da situação em que se encontra o país. Da situação social. Do comportamento da generalidade dos políticos. E da sua relação com a população. E que apelam à mudança. Esses indivíduos podem até ser políticos. Porque não?

quinta-feira, junho 09, 2011

Grupo

Um anúncio engraçado.
video

Ups...


O Sol possui um volume 1 300 000 superior ao da Terra.
Ontem teve uma das maiores erupções dos últimos tempos. Não deverá interferir em demasia com a Terra mas poderá provocar interferências com os sistemas electrónicos.

Deixo uma imagem do tamanho relativo dos astros do Sistema Solar. E o vídeo que mostra a erupção de ontem e que deverá ter repercussões na Terra esta noite e amanhã.



segunda-feira, junho 06, 2011

São rosas, senhor...

A Ryanair agradeceu aos responsáveis do sindicato do pessoal de voo da TAP a marcação de dez dias de greve e enviou-lhes na sexta feira passada dez rosas. Apelidou-os de «dinossauros» e disse que a paralisação é «insensata».

P.S. A companhia é irlandesa e irá buscar uma boa parte dos passageiros que vão ficar sem voos na TAP. A companhia convidou os turistas portugueses a proteger as suas férias de Verão, convocando-os a evitar a greve da TAP voando nos seus aparelhos e aproveitando as suas tarifas.

segunda-feira, maio 30, 2011

segunda-feira, maio 23, 2011

The end.



Passou o dia e eu nem dei por nada...

Ainda estamos vivos, não?

Noticiado previamente em vários locais, há um resumo

aqui

terça-feira, maio 10, 2011

A Bela e o Monstro.

Gostei de ver e partilho. Em particular a partir do minuto 2 é estranho.

Dá para expandir a imagem de forma a ocupar todo o ecrã, o que aconselho.

segunda-feira, maio 02, 2011

Osama Bin Laden morreu em Dezembro de 2001

Referência ao assunto por Benazir Bhutto.



Jornal Egípcio, al-Wafd, 26 de Dezembro de 2001 Vol 15 No 4633



Tradução:

News of Bin Laden's Death and Funeral 10 days ago

Islamabad - A prominent official in the Afghan Taleban movement announced yesterday the death of Osama bin Laden, the chief of al-Qa'da organization, stating that binLaden suffered serious complications in the lungs and died a natural and quiet death. The official, who asked to remain anonymous, stated to The Observer of Pakistan that he had himself attended the funeral of bin Laden and saw his face prior to burial in Tora Bora 10 days ago. He mentioned that 30 of al-Qa'da fighters attended the burial as well as members of his family and some friends from the Taleban. In the farewell ceremony to his final rest guns were fired in the air. The official stated that it is difficult to pinpoint the burial location of bin Laden because according to the Wahhabi tradition no mark is left by the grave. He stressed that it is unlikely that the American forces would ever uncover any traces of bin Laden.

Imprensa ocidental:

Fox News
CNN
Telegraph

quinta-feira, abril 28, 2011

Puta Madre


A maior parte da população sai pela manhã, mete-se no autocarro, no comboio, metro ou numa fila de trânsito para chegar ao trabalho e estar 8 a 10 horas numa secretária, num balcão ou num qualquer local a fazer um trabalho usualmente repetitivo... 38% odeia o que faz (Portugal, 2010) e 55% não está satisfeita com o que faz (EUA, 2011).

Mas... mesmo assim, metemo-nos pelo metro adentro como se fossemos de férias para ao Hawaii...

Isto a propósito de num destes dias ter enviado uma mensagem a uma amiga perguntando se estava em Cacun, ao que me respondeu que estava a trabalhar, "o que nos dias que correm começa a tornar-se desejável".

Eu percebo... mas podia ser tudo tão melhor...

... 38%??? (ódio mesmo!!!???)...

Como é que pode uma sociedade andar feliz se tem 38% da malta a odiar o que faz 8 a 10 horas por dia?...

quinta-feira, abril 21, 2011

Fraldas para todos!




A ministra da Saúde, Ana Jorge, avisa os hospitais de que é preciso controlar o número de fraldas fornecidas por doente.

"Muitas vezes as fraldas têm asas e desaparecem, como outros produtos do hospital. Tem de haver um controlo do número de fraldas fornecidas. É preciso gerir muito bem o número de fraldas que se gastam num serviço, quer para crianças, quer para adultos", comentou Ana Jorge à agência Lusa, pedindo a todos - profissionais de saúde e cidadãos - para se lembrarem de que os produtos usados nos hospitais saem dos impostos comuns.

Ora uma vez que a notícia não foi dada aos directores de serviço de cada instituição, mas ao público em geral, tenho de assumir que estava a avisar o público em geral para não levar fraldas para casa. Mas a verdade é que está toda a população preocupada com o futuro. E com medo de se vir a borrar com as medidas que aí vêm. Assim, no bom espírito do desenrasca, cada um arranjou as fraldas onde pôde.

Aproveito para dizer que o facto de os produtos usados nos hospitais provirem dos impostos não abona muito a favor do comportamento que a Srª Ministra defende… é que, no geral, o pessoal cá do burgo acha que se foram os impostos que pagaram é de todos. Logo…

P.S. Porque raio é que compraram fraldas com asas?

Foto Daqui

quarta-feira, abril 20, 2011

Acerca de ser português.



Hoje almocei com amigos e com amigos de amigos. Dizia um “amigo de um amigo”, que tinha entrado no eléctrico na Praça do Comércio, coisa que não fazia há anos, para ir passear a Belém. Tendo reparado que tinha de pagar 2,5€ de bilhete, em moedas, e não os tendo consigo, tentou falar com o motorista, que não lhe ligou. Continuou no seu passeio até Belém, sem pagar.
Na volta, não trocou dinheiro e fez o mesmo… não pagou. No fim, com o dinheiro “poupado” foi beber uma cerveja e comer uns caracóis…

No mesmo almoço, dizia um amigo meu que só comprava fruta portuguesa.

O exemplo do primeiro é um exemplo de esperteza saloia que grassa entre nós desde os descobrimentos… alguém fará umas caravelas que nos levarão de Belém ao Brasil, chegamos lá gamamos umas coisas e voltamos. Depois vamos beber umas cervejas com tremoços…

O segundo exemplo, por muito que o respeite, é também típico nosso. A preocupação em comprar o que é nosso é, não só legítima, como desejável. Mas o engraçado é que, no geral, só nos lembramos de comprar o que é nosso quando falamos de frutas e de legumes… talvez porque o resto esteja mais dissimulado em etiquetas com números estranhos…

Mas a verdade é que para comprarmos um produto de base tecnológica (desde um Mercedes a uma máquina de café estrangeira, com as respectivas pastilhas – o que, em casa de 2 pessoas que bebam, cada uma, 2 cafés por dia leva ao consumo de 500€ por ano), precisamos de vender toneladas de maçãs… 100 toneladas, no caso de um Mercedes baratinho…

Na compra de um produto interferem muitos factores. Entre eles estão a expectativa que colocamos na sua qualidade, a sensação de bem-estar que – esperamos - irá proporcionar aos nossos sentidos e, para quem liga a isso, no dizer a outros que comprámos esta marca (eventualmente na moda, se somos de modas, fora da moda se somos contra as modas) e não qualquer outra.

Neste momento, a compra de um produto português e não de um estrangeiro, poderá fazer toda a diferença ao futuro do país e, consequentemente, ao nosso. A compra de computadores Tsunami ou Insys, na vez de HP ou Compaq, a utilização das operadoras TMN ou Optimus na vez da Vodafone, dos bancos Caixa ou BCP, ou BPI ou BES… na vez de Santander ou Barclays… e por aí fora…

Não estou a criticar ninguém, que também não gosto dos computadores Insys. Estou só a desabafar… a tentar arranjar uma solução e, se ela não resultar, a pensar como raio é que me meto a mim daqui para fora…

quarta-feira, abril 13, 2011

Gamar ou não gamar. Eis a questão.

Em Abril do ano passado, o presidente da República Checa, Václav Klaus, disse que nunca deixaria o seu país chegar a um défice semelhante ao de Portugal.
Esta semana, o comportamento de Václav Klaus aponta para uma forma de o conseguir…

terça-feira, abril 12, 2011

Boleia de 8 Km

No Alasca, em Cook Inlet e Turnagain Arm, em determinadas condições, a maré cria ondas que sobem 8 quilómetros de rio, permitindo, a surfistas atentos a essas condições, um excelente passeio.

segunda-feira, abril 11, 2011

Ora que porra...

Clicar para aumentar o tamanho da imagem.



Imagem do Relatório de Abril de 2011 do FMI.

domingo, abril 10, 2011

quinta-feira, abril 07, 2011

Boltim de voto para as próximas eleições.

Tendo em vista diminuir a dificuldade na escolha nas próximas eleições, deixo já um esboço do que será o Boletim de Voto ("clicar" para aumentar).

Portugal fala inglês.



De acordo com o English Proficiency Index, Portugal encontra-se na 15ª posição entre todos os países do mundo no que diz respeito à sua proficiência em inglês.

Bom.


Relatório completo do English Proficiency Index aqui

quinta-feira, março 31, 2011

Conselho irlandês sobre o FMI


Do jornal irlandês , "Sunday Independent" referido no "Diário Económico"

"Não quero intrometer-me mas tenho lido sobre vocês nos jornais e acho que estou em condições de vos dar alguns conselhos sobre o que têm pela frente". Assim se inicia uma carta assinada pelo colunista Brendan O'connor, publicada na primeira página da edição do último domingo do ‘Independent'.

"Sei que estão sob pressão para aceitar um resgate e que os vossos políticos dizem estar determinados em o recusar. Eles dirão que nem por cima dos seus cadáveres. Segundo a minha experiência isso significa que serão resgatados muito em breve, provavelmente a um domingo".

Brendan O'connor esclarece que resgatar e ajudar não são sinónimos. "Dado que o inglês é a vossa segunda língua, talvez possam pensar que as palavras ‘bailout' e ‘aid' significam que serão ajudados pelos nossos irmãos europeus para superar as dificuldades do presente". Na Irlanda, escreve, "o inglês é a nossa língua materna e era isso que nós pensávamos que ‘bailout' e ‘aid' significavam". No entanto, continua, "permitam-me que vos avise: esse ‘bailout' não vai resolver os vossos problemas, vai, provavelmente, arrastá-los para as gerações futuras".

A crise política portuguesa também não passou despercebida. "Também sei que vão trocar de governo nos próximos meses (...) Nós também mudámos de Governo e é uma boa diversão durante algumas semanas (...) Verão que o novo governo fará todo o tipo de promessas durante a campanha eleitoral", avisa.

O documento termina assim: "Portugal, aproveita enquanto podes porque a realidade estará à espera para irromper novamente quando toda a diversão desaparecer".

O texto foi extraído do "Diário Económico"

O texto original está referido no aqui


terça-feira, março 29, 2011

Pensões



De um comentário no Blog do Fresco e Fofo , surgiu-me um dado que já tinha ouvido falar na comunicação social mas que não tinha visto sob a forma de documento.

Pensão máxima em Espanha – 2.290,59€


Em Portugal não há um limite superior para as pensões. No entanto, o PSD, através de Passos Coelho, sugere agora o valor de 5030,64€… Mesmo que tal venha a ser um projecto de lei e que venha a ser aprovado, fica-se com um valor que superior ao dobro do de Espanha.

Não tenho nada contra as pensões altas. Tenho sim contra as pensões baixas… e se não houver outra forma de resolver o problema (e parece que não há, já que em 2040 as pensões terão um valor de cerca de 50% das actuais - partindo do princípio de que ainda existem…), será mais fácil uma pessoa que iria viver com 5030€, habituar-se à ideia de que terá, um dia, que vir a viver com 2290€ (e se terá direito a este valor, provavelmente terá salários de onde mais facilmente poderá fazer um aforro).
Isto para que ninguém tenha de viver com menos de 300€…

Eu percebo que colocar o limite nos 2290€ e não nos 5030€ será uma medida impopular entre os que vão perder valor na pensão. Então, mas que fazer com aqueles que recebem apenas 300€? A Espanha poderá ser também exemplo para coisas “boas”, não só para ventos e casamentos…

P.S. Hummm… como é que eu viveria com 300€, aí com uns 70 anos, tendo de comer, pagar água, luz, gás, eventualmente telefone… e a tomar medicamentos???

sábado, março 26, 2011

Demência

O homem está a ficar com um síndrome demencial. Será que ninguém lhe disse, de modo a tentar uma terapêutica?

quinta-feira, março 24, 2011

Brincadeiras de criança

Quando era miúdo, não era muito de sair de casa. Mas quando saía com os amigos, jogava à bola, hóquei em campo, por vezes xadrez em cima dos capôs dos carros.

As coisas estão diferentes.

Muito.

terça-feira, março 22, 2011

Unlike.



Quero fazer uma declaração de interesse. Sou contra a mentira. Por isso, sou contra o coronel Kadafi. Mas também, por isso, não sou a favor do ocidente que o apoiou. Acho que, não havendo alternativa, o ataque à Líbia só foi desadequado porque tardio. E… muitas guerras começam porque não se tomaram medidas mais cedo.

Custos
Vou apenas avaliar o custo do material de guerra utilizado nestes 3 dias. Não as vidas perdidas, cujo preço não consigo contabilizar.

Base da despesa
Aviões franceses e britânicos, bem como a marinha dos EUA e do Reino Unido, atacaram a Líbia no cumprimento da resolução das Nações Unidas. A Itália disponibilizou bases aéreas. (1), (2)

O Canada disse que apoiaria a operação mas que precisava de dois dias para se preparar. (3). A Dinamarca enviou seis aviões F-16. Aviões militares italianos colocaram-se a sul de Itália e têm sobrevoado a Líbia em missões de vigilância. (4), (5)

As marinhas britânica e americana lançaram 112 mísseis Tomahawk (6), (7)
Um avião americano F 15 caiu hoje. (8)

Uma estimativa dos preços do material utilizado…

Material utilizado pelos franceses (9), (10)

8 aviões Rafale (64.000.000€ cada) (11)
2 aviões Mirage 2000-D e 2 aviões Mirage 2000-5 (16.560.000€ cada) (12)
6 aviões de reabastecimento C 135 (28.512.000€ cada) (13)
1 avião E3F Awacs (preço estimado 130.000.000€) (14)

Material utilizado pelos britânicos

1 Submarino Classe Royal Navy Trafalgar – 182.400.000 € (preço de 1984) (15)
Mísseis Tomahawk (746.500 € cada) (16), (17)

Material utilizado pelos americanos (18)

Destroyer USS Stout (preço aproximado de cada Destroyer da classe Arleigh Burke - 1.352.160.000€) (19)
Destroyer USS Barry (preço aproximado de cada - 1.352.160.000€) (19)
Submarino USS Providence (não consegui os preços, mas cada submarino português da classe Tridente custou 500.000.000€)
Submarino USS Scranton
Submarino USS Florida
Aviões F 15 (cerca de 20.100.000€ cada) (20)
Mísseis Tomahawk (746.500 € cada) (16), (17)

Combustível

Os três aviões que partiram da Grã Bretanha para bombardear a Líbia gastaram cerca de 684.000€ em combustível. Apesar de partirem de mais perto, dá para ter uma ideia do que gastarão os Franceses a partir do sul de França e da Itália, os Dinamarqueses que partem do sul de Itália mas que tiveram de vir da Dinamarca, os italianos, a partir do sul de Itália, os americanos, a partir dos navios do Mediterrâneo, mas que por sua vez não se encontravam todos no Mediterrâneo há cerca de um mês. (21)

Custo do material já “consumido” pelas forças atacantes (excluo combustível dos navios e aviões; incluo o dos 3 britânicos, para os quais encontrei uma referência; excluo munições para além dos Tomahawk; não é incluído o custo com despesas de pessoal nem com manutenção de material).

Combustível dos 3 aviões britânicos que voaram do Reino Unido - 684.000€
110 mísseis Tomahawk – 83.608.000€
Avião F 15 – 20.088.000€

Total do que é fácil contabilizar de acordo com as notícias - 102.887.000€

Só posso imaginar as perdas do lado líbio (edifícios, aviões, blindados, cisternas de combustível, interrupção de serviços...).

Alimentar uma criança em África custava 19 cêntimos americanos por dia (14 cêntimos do €) em 2008. (22).

As coisas não são assim tão simples, eu sei…

Mas não podemos estranhar o ódio que as nações não ocidentais em geral nos têm…

sexta-feira, março 18, 2011

Escrever direito por linhas tortas.


Na Suméria, a profissão de escriba era uma profissão reconhecida e bem paga. E só quem tivesse capacidade económica para a estudar até ao final da adolescência poderia almejar o título. Assim, os escribas eram filhos de gente mais abastada (embaixadores, administradores de templos, sacerdotes, oficiais, capitães de navios, escribas…).

Um texto interessantíssimo da altura conta-nos a história de um estudante que, depois de ter sido várias vezes castigado pelo professor (por incompetência na escrita), sugeriu ao pai que o convidasse a sua casa para lhe “adoçar a boca”.


O seguinte texto tem 4000 anos:

“…Convidaram o professor da escola e, quando este entrou em casa, obrigaram-no a sentar-se no lugar de honra. O aluno serviu-o e rodeou-o de atenções …”
O pai ofereceu vinho ao professor e presenteou-o. “Vestiu-o com um fato novo, deu-lhe um presente, meteu-lhe um anel no dedo”.

Animado por esta generosidade, o mestre reconforta o aspirante a escriba em termos poéticos:

“Jovem, porque não desdenhastes as minhas palavra […] podereis atingir o apogeu da arte do escriba, podeis a ele ascender plenamente […] Dos vossos irmãos podereis ser o guia, de vossos amigos o chefe; podereis atingir a mais alta posição entre os estudantes […] Vós cumpristes bem as vossas tarefas escolares, tornastes-vos um homem de saber”.

Por vezes tenho as minhas dúvidas acerca da Teoria da Evolução de Darwin…

Referência
Samuel Noah Kramer, A História Começa na Suméria, pp 34-35 Forum de História, Publicações Europa América, 1997

Livro referido, na Fnac

sábado, março 12, 2011

O sol e o comportamento humano

Foto Daqui

O sol tem ciclos de cerca de 11 anos. No início de cada ciclo, o sol apresenta menos manchas solares e emite menos radiação. Estas vão aumentando até um máximo que surge aproximadamente a meio do ciclo, começando então a redução dessa emissão até ser atingido um mínimo aos 11 anos. Estes ciclos podem durar um pouco mais do que os 11 anos, sendo que o último vai nos 14 (já deveria ter começado um novo no início de 2008).

Há uma relação directa entre a actividade solar e a actividade económica. A crise que estamos a atravessar poderá estar associada a uma actividade solar mínima que se está a manter por 3 anos quando se deveria ter mantido apenas alguns meses.

Há uma boa notícia: o sol está a recomeçar a sua actividade. E, se tudo suceder como é hábito, recomeçará a retoma económica.

Há uma má notícia: os cientistas prevêem um aumento rápido e intenso dessa actividade. Demasiado rápido e demasiado intenso. A ponto de poder desestabilizar e mesmo destruir aparelhos electrónicos, incluindo satélites.

Bem… a economia deveria dar um pulo agora que o sol recomeça a sua actividade. No entanto, devido ao aumento súbito e intenso da actividade, esperar-se-ia primeiro uma guerra. E só depois uma verdadeira recuperação económica. Parece haver uma relação directa entre a existência de guerras generalizadas e a formação súbita ou o desaparecimento súbito de manchas solares.

Não, não estou a brincar. Estou a basear-me nos ciclos solares anteriores e nas ideias de economistas e físicos que avaliam estes ciclos e que inclusive apresentam os seus pontos de vista na CNBC.

Referências

Solar Cycle and Wars
Sunspots and Human Behavior
Did Sunspot Forces Cause the Great Depression?
Correlations for number of sunspots, unemployment rate, and suicide mortality in Japan
Space Storms Affect Life on Earth

Há sempre um PEC pior do que o nosso...



Desejando que a coisa não se repita (para os japoneses nem para ninguém) e que se consiga resolver tudo pelo melhor.

quarta-feira, março 09, 2011

Maria... Madalena...



O primeiro convite de Estado, para a posse do Chefe do Estado feito por uma Maria Cavaco Silva.

sábado, março 05, 2011

A imaginação na notícia



Em 1993, Kevin Carter fez, no Sudão, a foto que lhe viria a custar a vida. A opinião pública crucificou Kevin Carter, mas passados 18 anos sabe-se que a criança que parece estar prestes a ser atacada pelo abutre sobreviveu à fome e à guerra no Sudão.
A opinião pública apressou-se a julgar e a condenar sumariamente a alegada frieza com que teria agido Kevin Carter, considerando que o fotógrafo poderia, e deveria, ter feito alguma coisa para salvar a criança. O fotógrafo sucumbiu ao arrependimento e suicidou-se.
Então e a ligeireza dos que o condenaram sem sequer saberem o que tinha sucedido à criança?
Independentemente da ajuda que Kevin poderia ter prestado à criança, aqueles que o julgaram não quiseram saber do que tinha sucedido depois. A criança estava num campo de refugiados sob a alçada da ONU. Estava diagnosticada como gravemente subnutrida e estava num programa de tratamento. Sobreviveu.
Os portadores de más noticias não têm necessariamente de ser os responsáveis pelas más notícias… e mesmo aquilo que parece ser uma má notícia deve ser tratado como algo de temporário que há que seguir, não podendo estar apenas dependente da nossa imaginação.

Notícia do JN

quinta-feira, fevereiro 24, 2011

quarta-feira, fevereiro 23, 2011

Caramelo das colas é cancerígeno.

Ao contrário do caramelo feito em casa quando derretemos açúcar ao calor, o corante artificial das colas é feito pela reacção do açúcar com a amónia, a alta pressão e temperaturas.

Destas reacções químicas resulta a formação de produtos que, em estudos realizados com animais, se mostraram associados aos cancros do pulmão, fígado, tiróide e leucemia.

No comunicado enviado à imprensa, o programa nacional de toxicologia dos EUA, que realizou os estudos com animais, disse existirem "provas claras" de que os produtos resultantes da reacção referida são cancerígenos. Investigadores da Universidade da Califórnia, encontraram níveis significativos destes produtos em “cinco marcas de refrigerantes de cor castanha”.

Vários especialistas juntaram-se para pedir que a FDA (agência reguladora norte-americana) impeça o uso do caramelo quando feito da reacção com amónia.

As empresas que produzem colas já tinham modificado o modo de fabrico assim que se descobriu, há poucos anos, que estavam a colocar benzeno (e tolueno e xilenos, também carcinogénicos) nas bebidas. Agora, vêm-se a contas com os 2-metilimidazol e 4-metilimidazol.

Vamos ver a resposta dos lobbies das colas… o certo é que quando alguém nos fez só deveria haver água no planeta, tendo o sumo de fruta e o vinho passado a ser consumidos pouco depois… (e não ponho as mãos no fogo por estes últimos dois).

Notícia aqui

terça-feira, fevereiro 22, 2011

FERVE (lá fora mas também cá dentro)



Trabalhei 8,5 anos para o estado a recibos verdes. Contratos de 2 meses. Sem mais nada (férias, subsídios). Interrupção obrigatória de 3 dias entre os contratos para não fazer 6 meses, o que obrigaria o estado a criar uma vaga... Ao fim de 8 anos e meio mandei o centro de saúde à fava. O centro de saúde e aqueles que reclamavam pelos 3 dias que não tinha aparecido.

Mas hoje há jovens em situação ainda pior… é isso que vos quero deixar. Enquanto alguém aceitar situações como a que se segue (link), elas continuarão a aparecer…

Estágio de 4 meses, 9 horas de trabalho por dia, 7 dias por semana, 350€/mês pagos a recibo verde….



segunda-feira, fevereiro 21, 2011

Subida do preço do petróleo hoje: 6%


Tripoli, Líbia, século XVIII

Tripoli 2011/02/21- tensão extrema, cadáveres espalhados pelas ruas, disparos de artilharia pesada ouvidos em vários bairros da capital Líbia, edifícios governamentais incendiados pelos manifestantes.
É exigido o afastamento de Muammar Kadhafi, no poder há 41 anos. Aparentemente, Kadhafi terá fugido para a Venezuela. O seu filho avisou que “rios de sangue” correrão pela Líbia se os protestos continuarem, garantindo que o regime lutará até ao último soldado.

Esta tarde andariam homens ocidentais, armados, alegadamente mercenários, a matar indiscriminadamente pessoas na rua. Há quem os associe aos interesses italianos no país. Os pilotos de dois aviões militares recusaram-se a bombardear os manifestantes e pediram asilo em Malta

Entretanto, o petróleo subiu 6%. Se tal continuar, teremos nova crise económica no prazo de um ano… o que não dará a Portugal oportunidade de algum dia sair dela…

O Ocidente apoiou os regimes de África enquanto isso os favoreceu. Mas apoiar regimes déspotas até às últimas consequências terá um preço. Nunca estes países verão os ocidentais como parceiros.

E a propósito do ocidente... a Itália está em estado de alerta. Porque espera a continuação da invasão tunisina, porque receia o início de uma invasão líbia e porque é de lá que tem partido a maioria dos aviões para resgatar ocidentais.

Isto está bonito, está...

sexta-feira, fevereiro 18, 2011

Ma vie me semble vide. E as ucranianas são bonitas como o raio.



Nathalie - Gilbert Becaud

A minha mãe faleceu há 7 meses. Estamos a desocupar a sua casa para fazer obras e para lhe dar um destino. Vivia num 3ªandar sem elevador.
Na rua da minha mãe vivem algumas pessoas em dificuldades. Algumas, emigrantes, nem móveis têm. E foi aí que uma vizinha ficou interessada nos móveis de quarto da minha irmã e arranjou quem estivesse interessado nos da sala. Marcou-se a data e hora para lá estarem para levar os móveis. A minha irmã chegou a horas. Quando lá chegou, estavam esta vizinha, gordinha (para os 90 quilos), a emigrante (grávida) e uma velhota. “Mas não tinha dito que arranjava quem levasse os móveis?” Perguntou a minha irmã. “Sim, mas os homens foram ver a bola!”.

Vivi eu a minha vida tão preocupado com o futuro que decidi nem ter filhos…

… a rapariga que queria o quarto da minha irmã tem 3. Nem ela nem o marido trabalham. Vivem da segurança social e do banco alimentar. A rapariga emigrante não tem um móvel em casa e está grávida. A mais velhota não sei. O que sei é que casaram com pessoal que prefere ver o futebol…

E… a Ucrânia cheia de mulheres bonitas (e, do que constato por aqui, trabalhadoras). Ou o Kiribati, com taxa de criminalidade 0.

segunda-feira, fevereiro 14, 2011

Mulher dos Diabos!

Este vídeo corresponde a parte da entrevista de Wafa Sultan - Psiquiatra americana nascida na Síria - efectuada à Al Jazeera em Fevereiro de 2006, há 5 anos. Vem a propósito da revolução que sucede nos países árabes.
Nem todos os árabes pensam da mesma maneira. E aqueles que têm uma forte exposição ao exterior, em particular ao ocidente, aprenderam que o ocidente tem muito de positivo a ensinar-lhes, nomeadamente no que diz respeito à liberdade, à igualdade, mas também à responsabilidade.
(para legendas em português, clique em cc)

quinta-feira, fevereiro 10, 2011

Wael Ghoneim



Wael Ghoneim é um jovem de 30 anos, executivo da Google. A 25 de janeiro convocou uma manifestação para protestar contra o regime egípcio. Acabou por ser um dos responsáveis pela manifestação favorável à democracia no Egito.
Ghoneim é diretor de marketing do Google para o Médio Oriente e América do Norte e mora no Dubai. Dois dias antes da revolta contra Mubarak tinha viajado para o Egito.
Ghoneim acabou por ser preso a 27 de Janeiro, tendo sido libertado 12 dias depois.

Sou contra as ditaduras. E apesar da paz conseguida no médio oriente, Mubarak não me parece a solução para o Egito. No entanto, também não me parece bem acabar com um qualquer regime quando não há alternativas. É o primeiro passo para a guerra, do interesse de tantos, nomeadamente dos vendedores de armamento e de abutres de campos de batalha, sendo que este os teria muitos, não fossem os museus egípcios alvo de grande cobiça…

Daí, perguntei-me, “quem é este Ghoneim?”. Pouco sabendo sobre ele, e tendo visitado a sua página no Facebook, a primeira impressão não foi a melhor.



Não tenho nada contra aqueles que inspiram Ghoneim. Mas as inspirações de Ghoneim mostram-no um revolucionário estranho… no mínimo, defende aquilo que está a derrubar…

… ou… está a ser controlado de fora…

domingo, fevereiro 06, 2011

José Teixeira



Tenho poucos amigos. O Paulo Carrilho. O Barros Gomes. O David Cosme. E o José Teixeira.

Venho dar a conhecer o trabalho do José Teixeira.

José Teixeira é Professor na Faculdade de Belas Artes. É escultor e criador de medalhas e moedas.
Fez moedas comemorativas do Euro 2004, do Mundial de 2006 e dos Jogos Olímpicos de Pequim de 2008. Apesar de comemorativas, algumas poderão ter-nos passado pelas mãos até serem recolhidas por coleccionadores.

Seguem-se as moedas referidas:

O Espectáculo do Futebol



Esta moeda ganhou o ”Premio Internazionale Vicenza Numismatica”, promovido pela Unione Filatelica e Numismatica Vicentina, Itália, prémio atribuído à moeda mais bela do ano (neste caso o ano de 2003).

O Golo



Esta moeda simboliza a explosão emocional dos espectadores, com os corações eufóricos e os braços levantados celebrando o momento mágico do golo.

Campeonato do Mundo de Futebol, FIFA, Alemanha 2006



Jogos Olímpicos de Pequim 2008



Alguns sites na Internet onde podemos encontrar trabalhos (ou referências a trabalhos) de José Teixeira:

Medalhas e Moedas até 2006, " artmedal.net - an international website of art medals”
Medalha contemporânea, em "artmedal.net - an international website of art medals”
Anúncio de Exposição colectiva no Museu Nacional de Arte Antiga, “D'Après Nuno Gonçalves”
Anúncio a Exposição colectiva no Museu da Cidade, Lisboa, 2010
Anúncio à Exposição na Guarda, 2009, “Passo Perdidos”
Anúncio à Exposição na Guarda, 2007, “Underscore”
Escultura “Um lugar”

Presentemente tem expostos trabalhos de escultura nos jardins do Museu Nacional de Arte Antiga e desenhos e escultura na Galeria de Exposições Augusto Cabrita, no Fórum Cultural do Seixal.











As fotos que tirei não têm a melhor das qualidades (inclusive, acabei por excluir algumas). O flash queimava-me as fotos que tirava à sucapa do segurança, com receio que me chateasse a cabeça…

Currículo Resumido, no flier da Exposição que tem neste momento no Seixal.
José Teixeira, nasceu a 3 de Novembro de 1960. Em 1995 licenciou-se em Belas Artes/Escultura. Em 2002 realizou o Mestrado em Teorias da Arte (A Mulher na Escultura em António Teixeira Lopes).
Em 2009 concluiu o Doutoramento em Escultura (Escultura Pública em Portugal – Monumentos Heróis e Mitos – Séc. XX). Desde 1998 é professor na Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa.
Paralelamente à actividade docente desenvolve trabalho como conferencista e ensaísta nas áreas da escultura e arte pública. Enquanto escultor expõe regularmente desde 1980. Realizou algumas obras em espaço público.
A partir de 1995 dedicou-se também à medalhistica (tem cerca de meia centena de medalhas editadas) e à numismática (autor de duas das moedas do Euro 2004, do Mundial 2006 e dos Jogos Olímpicos de Pequim 2008).
Neste momento interessa-se particularmente por intervenções site specific, no espaço público.

CV no “Kunstmedaille. Medaillenkunst. Art medal”.

Um Grande Abraço José!!!