terça-feira, janeiro 25, 2011

1906


Não vou falar do que disse hoje o Bibi. Que todos os arguidos do processo Casa Pia estão inocentes. E que tudo o que dissera anteriormente era mentira.

Vou falar de um dos filmes produzidos há mais tempo e que me foi enviado recentemente por email por um amigo (o filme mais antigo é de 07/01/1894, dura apenas alguns segundos e é de um homem a espirrar).


O presente Filme terá sido gravado a 14 de Abril de 1906, na Market Street, em San Francisco, 4 dias antes do terramoto que devastou a cidade. São cenas filmadas a partir de um Cable Car.

Do que se pode ver, à data, as regras de trânsito não seriam cumpridas. No entanto, há algum cuidado em não passar por cima do próximo... até porque a velocidade o permite.

10 comentários:

A Minha Essência disse...

Pegando na tua última frase. Não podemos e não nos devemos enganar! Esta sociedade em que vivemos é cada um por si! O resto é balelas! Esta é a realidade nua e crua!

:)

António Branco disse...

Olá Essência!
Acho que não somos todos assim.
Não te conheço, mas deixo a minha disponibilidade para te apoiar nas áreas que conheço melhor. Na área da saúde e do investimento em acções. Com limitações, porque não sou uma organização. Sou só eu, com as minhas limitações. Em troca de quê? Do facto de achar que as coisas não são como dizes.
Há FDP ao pontapé. E até nós o seremos. Mas só se quisermos. Porque há sempre alternativas. Sempre.
;)

Fresco_e_Fofo disse...

Actualmente quem não "passar por cima do próximo", é um tipo que não sabe aproveitar as oportunidades que a vida lhe deu.

S* disse...

Deixa-me ver o filme... adoro estas coisas antigas.

António Branco disse...

Olá Fresco!
Não podemos ser assim. Há alternativas. E as alternativas levar-nos-ão mais longe como espécie. Ou nos unimos. Ou não seremos. Mais tarde ou mais cedo.

António Branco disse...

Olá S*!
O filme e a música são hipnotizantes...

Corina de Oliveira disse...

Muito obrigada pela sua visita :D volte sempre!

António Branco disse...

Olá Carina! Bem vinda!
Obrigado também! Volta sempre!

Sofia disse...

Adorei ver...
Quase parece encenado:)
Beijinhos

António Branco disse...

Olá Sofia!
Se calhar, a vida é uma encenação... e nós somos apenas atores sem o saber.
Beijo.