sexta-feira, janeiro 14, 2011

Presidenciais



Vou tentar não falar mais de presidenciais. Afinal de contas, numa sondagem, respondi que não estava interessado nas mesmas... mas o problema é que estou... e apesar de ter a minha preferência, estar contra um candidato é o motivo que me está a mover, mais do que estar a favor de um candidato... o que não abona muito a meu favor (se calhar nem a favor do que se está a decidir)...

6 comentários:

Fresco_e_Fofo disse...

Estou exactamente com a mesma disposição.
Há muito que ando desiludido da política e desde que a minha filha teve direito a voto, que não vou às urnas. Fui para que ela ganhasse um pouco de consciência política, para que visse o que era prometido e o que era feito e, num acto um pouco egoísta, para que um dia não me culpasse pelo desinteresse na matéria.
Mas desta vez, depois da figura triste que o Cavaco anda a fazer, que mais parece um candidato a primeiro-ministro, vou votar, nem que seja no Coelho. É preciso tirar a vitória ao cavaco, obrigá-lo à segunda volta onde, estou convencido, vai levar uma abada monumental. Não é só pela derrota de um dos principais culpados pela actual situação. É pelo gozo que me dava o embuste ser o primeiro presidente da era da democracia, a não cumprir o segundo mandato consecutivo. Qualquer derrota do Cavaco, nem que seja ao chinquilho, é uma vitória da democracia e do povo português.
Cavaco representa tudo o que o 25 de Abril derrotou.
Cavaco é um fascista encapotado.
Cavaco é um hipócrita.
Cavaco é o inimigo a abater.

Um abraço.

António Branco disse...

Estou de acordo Fresco. Mas ou eu estou demasiado focado na sacanice e incompetência do homem, ou a população não vê o que ele fez nos últimos 25 anos e (mais fácil ainda de ver - na minha opinião) não vê que ele já lá esteve 5 anos como presidente... apregoando agora que vai fazer o que não fez nesses mesmos 5 anos (pudesse ou não fazê-lo, já que não é primeiro ministro).

Um abraço!

09smvirgilio disse...

Poucas palavras! "Tão ladrão é o que vai à vinha, como aquele que fica de Guarda"
Cumprimentos

António Branco disse...

Olá Virgílio! Bem vindo!
Verdade! Mas nós por cá ainda premiamos o que ficou de guarda...

Cumprimentos!

Jorge disse...

Num país, onde os autarcas condenados em tribunal, são reeleitos pelo povo, o Cavaco é um deles, é um heroi...
BG

António Branco disse...

Olá Jorge!
Imagino que fales de pessoas como o Isaltino... mas foi "o povo", essa entidade abstrata e, por vezes, idiota, quem votou nele... pelo que - não gostando nada desta frase, e achando-a mesmo injusta - se calhar temos o que merecemos...