quinta-feira, janeiro 07, 2016

Sobre o piropo.



"Mi señora", de Ana Álvarez, realizadora espanhola, que ganhou um prémio com estas três curtas no CINEMAD 2003.

1 comentário:

Carlos Laço disse...

Não coartem a criatividade portuguesa: o piropo é um manancial de metáforas, de aliterações, de trocadilhos, enfim, uma "festa da língua" (não me entendam mal...). Há coisas mais importantes a mudar...