segunda-feira, junho 04, 2012

Euro 2012. Portugal já ganhou!




Doze países vão disputar o Euro 2012. Portugal está entre eles. Dadas as condições económicas da Europa, um jornal espanhol resolveu ver quanto iria gastar por dia cada selecção. Eis o resultado:

Selecção e custo de hotel:

 1. Portugal – Opalênica 33.174 euros
 2. Rússia – Varsóvia 30.400 euros
 3. Polónia – Varsóvia 24.000 euros
 4. Irlanda – Sopot 23.000 euros
 5. Alemanha – Gdansk 22.500 euros
 6. Rep. Checa – Wroclaw 22.200 euros
 7. Inglaterra – Cracóvia 19.000 euros
 8. Holanda – Cracóvia 16.200 euros
 9. Italia – Wieliczka 10.500 euros
10. Croácia – Warka 8.300 euros
11. Dinamarca – Kolobrzeg 7.700 euros
12. Espanha – Gniewino 4.700 euros

Tentei descobrir qual era o hotel.  Encontra-se com alguma facilidade. Apesar de não parecer nada de transcendente, os números, quando comparados, não são agradáveis para quem vê muitos concidadãos em dificuldade …

Mas ainda há quem se vá divertindo com o futebol…

2 comentários:

Manuel Santos Marques disse...

Conheces este pretenso episódio da história de Portugal que nos ensinavam na escola primária: estando o castelo de uma qualquer terreola portuguesa sitiado havia muito tempo pelos espanhóis, com a população nele abrigada já a passar grande fome, a dado momento passou-lhe por cima uma águia a voar com um grande peixe nas garras. Num descuido, a ave aliviou a preensão e o peixe caiu dentro do castelo. Antes que o devorassem, a mulher do alcaide apoderou-se do peixe e cozinhou com ele dois grandes pastelões que atirou das muralhas para os atacantes, gritando-lhes que ficassem o tempo que quisessem, porque os portugas gozavam de grande abundância. Desanimados, os espanhóis — cujo abastecimento também deixava muito a desejar — levantaram o cerco e foram-se embora.
Esta lição continuou a ter sempre grande influência na maneira como os nossos governantes se mostram aos olhos do mundo, e mais uma vez assim acontece. Quando os «mercados» virem esta nossa prodigalidade, virão a correr com os seus maços de notas para que lhos multipliquemos como tão bem sabemos fazer.

António Branco disse...

Olá Manuel!
Conheço essa história sem o peixe.

Acho que temos muita gente esquizóide entre nós. Muitos a achar que são mais do que os outros, que merecem tudo, que os outros são uns imbecis.
Não sei se os governantes tiveram alguma coisa a ver com isso. O seleccionador, que faz a proposta terá, seguramente. Quem assina deveria ir ver os preços alternativos... mas não o fez.

Quanto aos mercados. Eu acho que tu nunca os entendeste e que dificilmente os entenderás. Existem para fazer dinheiro. O resto é conversa. Mesmo que seja carne e osso viva e sofrida, não passa disso. Ou dá lucro ou não dá. Nem que seja sob a forma de carne para canhão. Se não der lucro, não há empréstimo.

A carne e osso viva e sofrida deveria saber que os mercados são isso e deveria comedir-se nos gastos, sejam lá eles quais forem, do LCD ao TGV... passando pelas férias no estrangeiro à selecção em hotel de luxo na Polónia. Porque depois... depois pagamos todos. OS que gastaram e os que não gastaram... sabes disso.